A presidente da Anamatra, Noemia Porto, acompanhada da juíza Patricia Sant’Anna, da diretoria da entidade, esteve no Recife, nesta segunda-feira (11.01.2021), para reunião técnica com representantes da Comissão Organizadora do 20º Conamat.

Na sede da Amatra VI, foi recepcionada pela presidente da Associação local, Laura Botelho e pelas diretoras Luciana Conforti (também à frente da diretoria de Formação e Cultura da Anamatra) e Carla Jurema (Social) e, ainda, da juíza Patrícia Souto Maior, integrante do Conselho Disciplinar.

Em respeito às regras de prevenção da Covid-19, o encontro com os associados de Pernambuco, na sede da Amatra, não pôde acontecer presencialmente. No entanto, foi realizado virtualmente.

Na abertura do bate-papo virtual, Noemia fez questão de enaltecer a atuação da Amatra VI, destacando o trabalho realizado e sua postura aguerrida em defesa da magistratura do trabalho. Ela falou sobre a realização do Conamat, programado para fevereiro deste ano, em Porto de Galinhas, com a possibilidade de cancelamento do evento, em virtude da pandemia e do recente decreto do governo do Estado de Pernambuco, o qual restringiu ainda mais o número de pessoas para eventos corporativos.

“A decisão final será do Conselho de Representantes, que se reunirá extraordinariamente no dia 13 de janeiro próximo”, explicou a presidente da Anamatra, antecipando, porém, que, no caso de adiamento, defende que Pernambuco seja mantido como sede do congresso.