Reafirmando a valorização da magistratura do trabalho e da Justiça do Trabalho, a juíza Noemia Porto assumiu, no dia 22 de maio, a presidência da Anamatra. À frente da Diretoria de Formação e Cultural, a juíza Luciana Conforti representa a Amatra VI, que conta ainda com a participação do juiz Leandro Fernandez, na Comissão Nacional de Prerrogativas.

A juíza Luciana – também na Diretoria de Cidadania da Amatra VI – destaca o aspecto positivo da presença da 6ª Região na entidade nacional,  “não só do ponto de vista político, como de maior facilidade quanto ao encaminhamento de demandas locais”, afirma, lembrando que entre os desafios está o de contribuir com a organização do Conamat, marcado para maio de 2020, em Porto de Galinhas (Pernambuco).

“Este evento exigirá uma ampla colaboração dos associados da Amatra VI nas diversas comissões organizadoras, de modo a contemplar os mais diversos temas e enfoques”, afirmou.

Prerrogativas – Um dos seis magistrados do país a integrar a Comissão Nacional de Prerrogativas, representando o Nordeste, o juiz Leandro Fernandez destaca a imensa responsabilidade que é participar das ações que vão acompanhar a defesa da magistratura trabalhista de todo o Brasil. “Neste momento de exposição social dos juízes, é fundamental que a Anamatra assegure a defesa das prerrogativas, essenciais à independência do Judiciário e à democracia”, afirmou.

Confira fotos aqui